Ao acaso, descobri a serendipidade

Foto: weheartit.com

Leia ouvindo Angela, do The Lumineers

Ouvi diversas vezes aquela música que diz em um trecho “o acaso vai me proteger quando eu andar distraído”, mas nunca entendi a referência, o que seria andar distraído e como seria a forma do acaso me proteger.

Até que em uma aula de português, fazendo a releitura de um livro incrível, descobri sobre os reis de Serendip, já ouviu falar? Eu nunca tinha ouvido, devo ter perdido essa aula no ensino médio. Logo de cara me apaixonei pela palavra “serendipidade” tinha acabado de conhecer e já queria tatuá-la na testa. Pois bem, o que tem uma coisa com a outra? Até o momento, para mim, tudo. Serendipidade, a palavrinha que meu word insiste em dizer que não existe, existe sim e carrega um significado tão suspirante quanto enigmático.

Os três príncipes da ilha de Serendip (atual Sri Lanka) viviam fazendo valiosas descobertas de forma inesperada. Em um dos casos da história, o rei de Serendip, em seu leito de morte, chamou os filhos dizendo que além de lhes dar seu vasto reino, deixaria um grande tesouro enterrado próximo à superfície. Após a morte do pai, os príncipes reuniram todos os homens do reino para cavar e revolver o solo de todo o país e após anos e anos, não encontraram nenhum tesouro. Para a surpresa de todos, as terras do reino tinham sido tão revolvidas, que as colheitas dos anos seguintes se tornaram as maiores de toda a história. Pela capacidade de observação e sagacidade, os príncipes de Serendip conquistaram grandes tesouros, sem que especificamente estivessem buscando por eles. A isso foi dado o nome de serendipy: “descobertas afortunadas feitas, aparentemente, por acaso”.

Agora que você já sabe de onde surgiu essa valiosa palavrinha, vamos falar sobre o quão preciosa ela é. O conceito de serendipidade é encontrar coisas ao acaso e talvez seja essa a forma do acaso nos proteger enquanto andamos distraídos. Enquanto andamos em busca de outras coisas, outros sonhos, outros caminhos e no meio dele tinha um acaso e esse acaso se tornou o caminho.

Sabe quando estamos em busca de um sonho, como passar na faculdade por exemplo, e enquanto estuda para conseguir uma vaga para o curso de arquitetura, descobre que é apaixonado por gastronomia, porque de uma forma muito louca, toda vez que você ia começar seu ritual de estudos sentia uma vontade estranha de preparar um macarrão alho e óleo? Ou quando estamos procurando o possível amor da nossa vida e encontramos um melhor amigo, ou quando estamos planejando um mochilão pela Europa e achamos na biblioteca um guia turístico sobre a Bahia e decidimos fazer outra rota, e lá encontramos o possível amor da nossa vida e decidimos por lá mesmo ficar?

Deu pra entender né? O conceito de serendipidade é encontrar algo enquanto procurávamos outra coisa. Mas, para que haja a tal serendipidade, é necessário estar atento aos sinais, se não deixamos passar batido os encantos da Bahia, um grande amigo, a verdadeira profissão dos sonhos e alguém que poderia dividir toda a vida conosco. É necessário também estar buscando por algo, estar correndo atrás de algum sonho, conhecer gente nova, é necessário se permitir viver.

O acaso não bate a porta, ele não te coloca no caminho, quem precisa decidir buscar por algo é você, você dá os primeiros passos, o acaso só vai estar lá pra te proteger caso você tropece. Então vá se aventurar, quando saímos um pouco dos trilhos, coisas impressionantes podem acontecer. Esteja atento aos sinais e, acima de tudo, saiba apreciar o quão valioso é o que o acaso decide entregar a você.

 

Gostou do assunto? Então vem assistir esse vídeo da Lari.

 

Texto da leitora Larissa Pandori, 21 anos, de Votorantim-SP, estudante de Jornalismo e autora do blog O Mundo da Lari.

Facebook Comments
4 comentários Adicione o seu
  1. Gente, eu amo tanto descobrir palavras novas! 💙 A minha palavra preferida é Relicário pq descobri por acaso mexendo num dicionário quando era criança. Texto super amor, Lari. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *