A culpa não é do amor

Foto: weheartit.com

Texto da leitora Paloma Andrade Correia, 18 anos, São Paulo – SP, autora do @baudesonhosperdidos_ .

A maioria das pessoas hoje em dia idealizam o amor apenas com o “eu te amo”. É uma frase tão bela de escutar, mas quando não tem requisitos a mais como respeito, cuidado, proteção e atitudes boas, infelizmente ela se torna uma arma. E essa arma vem com as mentiras, traições, desrespeito e ilusões, fere o coração mais puro que acredita que essa arma ainda pode mudar, que o amor está nela, que ela pode se arrepender de tudo, mas quando você menos espera, ela te mata por dentro. E você passa acreditar que todo amor é como um arma que te fere no seu mais profundo ser.

Mas acredite, a culpa não é do amor. Ele é lindo. Ele não é uma arma quando é utilizado de maneira certa. O amor é algo mágico e é composto com atitudes boas, como felicidade, carinho, proteção, fidelidade, companheirismo e amizade. O amor arranca sorrisos. Ás vezes ele dói, não ao ponto de te destruir, mas de fazer você aprender com os erros e recomeçar do “zero”.

O amor é um presente divino, não o culpe se as pessoas não sabem como dizer e o porque que dizem “eu te amo”, sem ao menos saber amar.

O verdadeiro amor vai bater em sua porta. Não acredite em armas, elas não conhecem o amor de verdade e tem o poder de te destruir quando quiserem. Acredite, elas nunca vão mudar.

Espere, sorria, que tudo em sua vida já ta escrito. Ame você nesse momento, aprenda a se amar, pois você é unica (o) e não existe forma de amor mais belo do que amar a si mesma (o).

O amor está ao seu lado, mais perto do que se imagina, só está esperando o momento certo para aparecer. Creia no amor, pois ele crê em você.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *