Metade de mim ainda é você

Foto: Tumblr

A noite começou entre amigos e algumas cervejas, aquelas sociais onde escutamos músicas antigas, recordando da adolescência, lembrando de todo os momentos bons. Mas hoje foi diferente, você não permitiu dividir essa atenção, e essa noite sua meia presença ficou me acompanhando até o dia amanhecer.

Fui saudade sim, eu pude lembrar-me de cada momento que passamos juntos, confesso que não gosto muito dessas visitas elas costumam ser avassaladoras, me deixam de calça arriada literalmente. Só que eu tenho um carinho enorme por você, quero e desejo muito a sua felicidade, ainda criamos histórias, tivemos momentos que não importa quanto tempo passe, sempre vai ficar guardado em mim. Muitas vezes temos realmente que seguir, mas eu não quero um basta, não precisamos apagar a nossa memória. Peço que guarde sempre o melhor de mim, porque eu tenho seus melhores momentos comigo. E não me desfaço deles, aliás, nada do que é você em mim se desfaz. Como dizia Djavan.

Se soubesse o quanto eu ainda te amo, o quanto eu sonho com você, o quanto eu choro de saudade. Sua voz me chama nos meus sonhos. Não faço a mínima ideia de quem você se tornou agora, de quem você está amando. Com quem está dormindo. Quem está no teu pensamento. Hoje o vento soprou forte, me trouxe um furacão de lembranças suas, bagunçou minha cabeça e tirou tudo do lugar, coisas que eu demorei anos para arrumar. Eu não nego, eu amei reviver você hoje e talvez eu ame reviver você mais algumas vezes por essa vida. Minha metade ainda é você, sempre foi. E não só por agora, eu sempre reservo um tempinho na minha vida para reviver aquele 04 de Janeiro. Talvez seja nele que eu encontro a melhor parte de mim.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *