Não me canso de você

Foto: Pinterest

 

Abri o computador esta manhã quando cheguei no trabalho e notei que o site de poemas que costumo olhar tinha sido atualizado. Abri depressa para ver sobre o que seria desta vez e sorri. Justamente por falar sobre ‘cotidiano’ é que fiquei meio boba. Minha colega de sala olhou e me questionou sobre o que estava acontecendo e eu apenas disse: o amor é estranho.

A palavra ‘cotidiano’ soa muito monótona e constantemente a trocaria por ‘viagem’ ou algum outro sinônimo que remetesse a agitação. Isso mudou. Eu mudei. Você apareceu e jogou fora todas as minhas lentes com ‘maneiras’ de ver a vida. Mas não se preocupa, foi a melhor coisa que aconteceu, tá?

Inimaginável é a sensação de estar em teus braços. Nunca pude esperar algo parecido até viver. Quero te dizer, meu bem, que as coisas parecem diferentes hoje. Não hoje no sentido literal, mas desde o momento em que vi teus olhos no meio da multidão. Diferentes não na forma clichê que usamos em todas às vezes que nos apaixonamos por um cara bonito. Tá, tenho que admitir que tua beleza física me atrai  – e como –  também, mas não é só isso, mesmo. Falo da parte abstrata, que é concreta também. Teu cheiro, que fica impregnado nas minhas narinas todas às vezes que nos abraçamos, me inebria de amor. Amor é abstrato, mas posso senti-lo concretamente a cada gesto teu, seja na mensagem de boa noite ou no beijo que me dá no rosto.

Tem gente que acha que a rotina pode estragar uma relação depois de certo tempo. Discordo. Casais que realmente se amam – muito além da satisfação pessoal, mas sim que se entregam para fazer o outro feliz – são constantemente renovados pelo cotidiano. Só amamos aquilo que conhecemos. Se conhecemos pouco, não podemos amar profundamente. Sei, agora, que te amo por tudo aquilo que vivemos no dia a dia. Nunca vou cansar de chegar e ainda ter de preparar o jantar, pois vejo nos teus olhos a força que preciso para manter-me em pé mais vinte minutos antes de desabar de cansaço na cama. Esses vinte minutos transformam-se em horas, sabemos bem, pois queremos aproveitar cada instante um do outro. Nunca vou parar de dizer que as sensações de cada dia são a medida certa para eu te amar mais. Nunca também, vou parar de te olhar no meio da noite e pensar em como tenho sorte de te ter ao meu lado, meu bem.

 

 

Gostou? Deixe seu comentário 🙂

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *