Para um doce desconhecido

Foto: We Heart It

Meus amigos dizem que aparento ser uma pessoa segura de si, confiante, resolvida consigo mesma, alguém que tem a auto estima lá em cima, mas na realidade não é nada disso. Tem dias que até me sinto segura sobre diversos pontos, mas logo essa segurança passa e eu me pergunto o que estou fazendo da vida.

É, nem sempre as coisas estão bem por aqui. Tenho fases feito a lua. 

Aqui dentro tem bastante coisa amontoada. Tenho sentimentos que talvez você desconheça e espero que não se assuste quando os conhecer, pois eles fazem parte de mim, formam quem eu sou.

Eu já tratei de arrumar a casa para quando você chegar. Já joguei fora alguns móveis, até troquei a mobília. Joguei fora tudo que ocupava espaço e não me acrescentava em nada. Deixei apenas o que me faz bem, o que me fez ser quem sou hoje. Tudo de ruim o lixeiro levou, ficou apenas a minha essência, minha alma grande e meu coração maior ainda.

Um amigo disse que eu ainda não me encontrei e é verdade. Pensando nisso, resolvi sair andando pelas ruas da vida esperando me encontrar em alguma esquina. Precisei trancar a porta de casa para não correr o risco de alguém entrar por engano, espero que não se importe. 

Estou seguindo o vento sem algum destino em pensamento. Dizem que quando não temos um destino, qualquer direção serve e é verdade.

Os ventos estão um pouco favoráveis e mesmo com alguns pensamentos perambulando minha mente, me encontro feliz. O céu parece mais azul e tudo parece sorrir para mim. Uma amiga citou que todos somos luz e o que está a nossa volta é apenas reflexo. Tenho que concordar. 

Meu bem, não sei em qual esquina você se encontra, mas saiba que estou a tua espera. Não se preocupe comigo, estou bem, estou seguindo a vida ouvindo aquela música que já é nossa e você nem imagina. Só peço que tenhas paciência comigo. É que já me magoei algumas vezes, já senti aquela fisgada no peito que nenhum ser humano deseja sentir, entende? Sou intensa e infelizmente. Nem todos são acostumados com quem se doa, com quem ama sem receio algum. De antemão te aviso que não precisa se assustar não. Eu transbordo amor pelos olhos, boca, dedos e coração. Minha alma é feita de amor. Sou amor da cabeça aos pés. 

Não sei onde se encontras, mas saiba que o cantinho com a plaquinha “reservado para o amor da minha vida” é todo seu, e que meu amor é teu.

Gostou do texto? Então deixe seu comentário! 🙂

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *