A autora

Toda dor há de ser arte nas mãos e coração de uma escritora. – Quel Póvoas

Sou pernambucana, criada na Bahia e residente da capital do Rio de Janeiro. Filha de portuguesa (nascida em Moçambique) e pai conterrâneo, irmã de quatro homens e uma princesa. Mãe de três cachorros.

Tenho 29 anos, sou formada em jornalismo (FACHA), trabalho como gestora de comunicação do Instituto Curaah e sou dona da Quel Póvoas Revisões  . Opa, tem mais uma coisa: sou escritora!

Eu descobri o mundo da escrita muito cedo. Com oito anos já escrevia no meu primeiro diário (com capa dos Bananas de Pijamas). Em 2000 venci o concurso de poesia sobre o dia do estudante realizado na Escola Estadual José Augusto Tourinho Dantas (BA), onde fui aluna do 5º ano. Do 6º ao 8º ano escrevi peças de teatro para as apresentações de colégio. Aos 16 já havia escrito dois livros (não publicados) e diversos textos, poemas e fanfics nos vários cadernos amarelados que guardo com carinho até hoje. Em 2016 recebi menção honrosa, da Editora Brinque Ler, pelo meu apoio e participação no projeto da revista Brinque Lendo.

Comecei a escrever na internet em 2011, quando criei o antigo Blog Coisinhas. Em 2016 o blog mudou de nome e se tornou o que é hoje. Além dele, comecei a escrever para outros blogs como colunista em 2014.

No mais, sou uma mulher de sorriso fácil, alma leve e que nunca aparenta ter a idade do RG. Geminiana que gosta de liberdade e acredita que cada um é dono do seu existir. Acredito na espiritualidade sem me segurar em crenças pré-formatadas. Defensora dos diretos da plenitude da mulher perante a sociedade e diante de suas escolhas. Meu único (pre)conceito é sobre ideias (pre)conceituosas. Amo café, mas só pela manhã e sem cafeína. Também amo chá preto, para acompanhar o biscoito maisena enquanto assisto alguma novela. Amo ficar em casa, cozinhar coisas novas, ler e assistir séries que ninguém ouviu falar. Escrevo sempre que posso também. Mas calma, não sou tão caseira assim! Também curto conhecer praias, sair para comer coisas gostosas e receber convites para sair com amigos por aí. Sou daquelas que vamos? Vamos!

Também sou tagarela, percebeu? Então é isso. <3

Esse é meu espaço para compartilhar sonhos e cotidiano. Tomara que você goste!

Aqui você vai encontrar crônicas sobre amor, vida e cotidiano, além de resenhas e um punhado de outros temas que me tocam a alma. Também vai encontrar textos dos leitores (as) e colaborativos, em um espaço de troca e crescimento.

Um beijo estalado na bochecha,

Quel Póvoas

Facebook Comments